bbc news brasil

Os símbolos nazistas que ainda estão presentes no Japão

Por Juliana Sayuri
[14/11/2021]

Mal abriu, o bar Unfair fechou as portas na badalada área de Minami, em Osaka, no Japão. “Nós pedimos sinceras desculpas pela falta de conhecimento e consciência”, declarou a Host x Host, empresa responsável pela casa noturna, em nota publicada no dia 11 de outubro. “Nós provocamos desconforto em muitas pessoas. Levaremos os comentários em consideração e trabalharemos para que esse tipo de coisa nunca mais aconteça”, acrescentou.

“Esse tipo de coisa” é o fato de o novo bar ter escolhido a suástica nazista como símbolo (impresso inclusive nas garrafas) e uniformes de estilo militar com a cruz gamada como indumentária oficial para os funcionários do “host club”, os bares onde jovens japoneses são pagos para conversar e entreter clientes.

“Ignorância e estupidez”, escreveu no Twitter o cineasta japonês Miki Dezaki, diretor do documentário Shusenjo (2018), que trata da história das “mulheres de conforto”, como são chamadas as mulheres que foram escravizadas sexualmente por militares japoneses durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945). […]