uol

Especiais

2022

[22/4] A onda gelada: surfe nos lagos é aventura radical abaixo de zero no Canadá

[21/4] A menina dos olhos: fotógrafo Ricardo Stuckert conta bastidores de livro dedicado a povos indígenas do Brasil

[1/4] A louca rotina nas konbinis, lojas abertas 24h no Japão

[20/3] Por que o sucesso é retratado como uma conquista de incansáveis?

[19/3] Museu a céu aberto dá volta ao mundo sem sair do Japão

[28/1] ‘Prioridade é lucro’: relatos de falhas nas linhas de trens de SP

[26/1] Sob o sol da meia-noite: fotógrafo conta como é o fenômeno na Antártica

[1/1] Ela trocou a metrópole por sítio no interior (e está feliz por lá)

2021

[3/12] Quem é Leydeeh, a ‘coach’ de garotas de programa que faz sucesso no TikTok

[2/12] Sorte ou revés: pachinko, casa de jogo que já foi controlada pela Yakuza, atrai apostadores brasileiros no Japão

[22/11] ‘Feliz Natal?’: artistas criticam editais da Lei Aldir Blanc em Joinville

[25/10] ‘Radicalizei’, diz o ator José de Abreu, prestes a lançar candidatura para 2022

[5/10] Física, farofa e afins: como uma gaúcha cultiva mandioca no interior do Japão

[31/8] O fotógrafo do Lula: ao lado do ex-presidente há 20 anos, Ricardo Stuckert tem um dos maiores acervos da história do Brasil

[25/7] Próxima parada: Tóquio

[5/6] Por que o famoso ‘soft power’ do Japão está à prova na Olimpíada

[13/5] As travessias de Ian Matos, um brasileiro no pré-olímpico pandêmico de Tóquio

[11/5] Por que tantos ex-BBBs estão sorteando iPhones no Instagram?

[10/5] Um brinde a Marx: os bastidores do Boteco Comunista, a live de youtubers de esquerda

[10/4] Silêncio, área vip e aglomerações marcam passagem da tocha olímpica no Japão

[7/4] ‘Pode abrir a porta agora’: a dura quarentena de uma paulistana em Taiwan

[26/2] Por que ‘identidade’ se tornou palavra-chave para entender o (Big Brother) Brasil

[16/2] ‘Devemos, sim, levantar nossas vozes’, diz Shiori Ito, símbolo do movimento #MeToo no Japão

[8/2] As odisseias de Ulisses Utida, um brasileiro nadando do outro lado do mundo

[25/1] Mais uma formiguinha: quem é Thiago Ávila, do movimento Bem Viver

[12/1] Diário de dekassegui: 12 horas em pé, movimentos mecânicos e cronometrados: a rotina dos imigrantes nas fábricas japonesas

2020

[25/12] Como a youtuber Si Liao se tornou professora pop de mandarim no Brasil

[9/11] Cidade fantasma: quase dez anos depois da tripla tragédia, Fukushima deve decidir o que fazer com as toneladas de terra contaminada pela radiação

[3/11] Desejo e reparação: como acertar as contas com o passado?

[23/10] Combinações inusitadas do sushi estilo brasileiro viram tendência até no Japão

[2/10] Quem foram os Bosozoku, tribos de motoqueiros ‘vida loka’ no Japão

[28/9] Futurista e analógico: como tecnologia e tradições se misturam no Japão

[23/9] ‘Bye, Brazil’: como a Flórida virou reduto da elite brasileira

[9/9] Brasil Paralelo faz ‘guerra de edições’ e disputa narrativas na Wikipédia

[8/9] E-book grátis? O impacto do vazamento de livros digitais para editoras independentes

[1/9] Ilhada: como no filme ‘O Terminal’, jovem vive limbo migratório no Japão

[13/8] ‘Ninguém quer ser inimigo de um exército de tiktokers’

[12/8] Tudo ao mesmo tempo: pandemia nos confinou a diferentes dimensões temporais

[28/7] Ninja na pandemia: primeiro mestre japonês do século 21 já viveu no Brasil

[22/7] Quem foi Florestan Fernandes, sociólogo que inspira acadêmicos e ativistas até hoje

[20/7] Pós-apocalipse: por que o Japão está se preparando para contatos com OVNIs

[16/7] Por que há um boom de testamentos de brasileiros radicados nos EUA

[7/7] Japoneses negros: jovens desmontam mito de modelo étnico único no Japão

[5/7] Carpe diem é lotar bares e ruas na pandemia?

[30/6] Por que o Brasil não está pronto para reabrir

[19/6] Por que o Japão não é exemplo para o mundo contra covid-19

[16/6] Aulas online em arranjo emergencial ‘reprovam’ EaD no Brasil

[2/6] Por que devemos parar de romantizar o homeschooling

[26/5] Mundo pós-pandemia: como podemos aprender a cultivar a resiliência

[24/5] O que um influenciador pode ensinar a um intelectual – e vice-versa

[12/5] Covid-19: como historiadores vão contar o que foi a pandemia

[5/5] Marx é pop: como millennials popularizam ideias do pensador na internet

[1/5] Menu pós-pandemia: covid-19 impacta dieta de todo mundo, no mundo todo

[26/4] Fadas insensatas: qual o impacto da síndrome do impostor nas influencers?

[19/4] Querido diário: por que a pandemia inspira tantos relatos autobiográficos

[5/4] ‘Nada disso é ‘normal’: como a covid-19 escancara antigas anomalias do Brasil

[25/3] Incógnita sobre a covid-19 no Japão: pior já passou ou ainda está por vir?

[19/3] A nudez na arte clássica é ‘soft porn’ para a elite?

[6/3] Solidão já é tratada como epidemia no mundo e impacta até na política

[4/3] Influenciadores ‘irreais’ movimentam mercado de milhões

[12/2] #EuNãoSouUmVírus: epidemia de covid-19 dispara racismo contra asiáticos

[24/1] Por que o antigo fetiche por mulheres asiáticas ainda é atual (infelizmente)

2019

[19/8] Empreendedoras lésbicas dão visibilidade ao movimento LGBTQ+

[15/8] Geochicas: mulheres no mapa-múndi

[7/8] Elas na liderança: como mulheres podem ajudar outras mulheres no mercado

[6/8] Benzedeiras de Florianópolis querem virar patrimônio do país

[15/7] ‘Pelo Facebook, descobri que tenho 7 irmãs espalhadas entre Brasil e Europa’

[9/2] MPT vai investigar vagas de ‘voluntariado’ em hostels de Santa Catarina