uol

Sorte ou revés

Pachinko, casa de jogo que já foi controlada pela Yakuza, atrai apostadores brasileiros no Japão

Por Juliana Sayuri
De Toyohashi (Japão)
(Para Tab Uol – 2/12/2021)

Todo domingo, por volta das 9h, senhores grisalhos se enfileiram diante de uma construção marfim de pé-direito alto em uma esquina nos arredores do porto de Toyohashi, na província japonesa de Aichi. Não fossem as bandeirinhas coloridas e o letreiro luminoso com a palavra “pachinko”, o endereço passaria por um majestoso templo com fiéis à espera da missa dominical no Brasil.

Pachinko é um jogo presente em todo o território japonês — é o equivalente aos cassinos em outros países, mas com dois modelos de máquinas: o próprio “pachinko”, um tipo de fliperama vertical, e o “pachislot”, uma máquina caça-níqueis.

A casa Ohta, no porto, abriu as 9h. Às 11h15 do sábado de Halloween, no fim de outubro, cerca de 150 das 293 máquinas já estavam ocupadas por apostadores, entre engravatados, operários e idosos que piscaram por um instante e viraram os olhos para a porta, ressabiados ao notar a presença da reportagem.

Apostar é ilegal no Japão, mas o “pachinko” se espreme em uma brecha legal, um jeitinho japonês para as cerca de 9 mil casas de jogos ativas no país até dezembro de 2020. […]

FOTO: RODRIGO SICURO

Comments:

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s