uol

Silêncio, área vip e aglomerações marcam passagem da tocha olímpica no Japão

Por Juliana Sayuri
De Toyohashi (Japão)
(Para TAB Uol – 10/4/2021)

Fãs de silent parties (as baladas sem som onde todos vibram e dançam cada um no seu quadrado) se surpreenderiam com a passagem da tocha dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Em plena primavera pandêmica, com 2,87 milhões de mortos por covid-19 mundo afora (4 mil deles nas últimas 24 horas no Brasil), a tocha passou pela cidade portuária de Toyohashi, na província de Aichi, na terça-feira (6). Foi uma festa silenciosa: todos vestindo máscaras, manifestações limitadas a singelos aplausos num trajeto de cerca de 2,5 quilômetros percorrido em quase 40 minutos. Silenciosos.

O relógio marcava 8 horas da manhã, 11°C e tempo nublado quando as pessoas começaram a se aglomerar diante do centro infantil Kodomo Miraikan Kokoniko, ponto de partida para o revezamento da tocha no centro da cidade. De máscara, cerca de 50 pessoas estavam à espera do pontapé inicial do revezamento — entre eles, muitos superidosos (os que já passaram dos 80), que pareciam à vontade vestindo tênis New Balance das antigas ou sandálias Crocs, munidos de cybershots e câmeras analógicas.

Às 8h10, porém, quando um furgão oficial da Tóquio-2020 embicou e parou no Kokoniko, a pequena patota se multiplicou rapidamente na quadra: 100, 150, 200 pessoas, era possível arriscar a olho nu. […]

FOTO: TOKYO2020

Comments:

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s