nexo

Um novo chefe da PF para antigas disputas do governo Bolsonaro

Por Juliana Sayuri
De Toyohashi (Japão)
(Para Nexo – 7/4/2021)

O novo ministro da Justiça, Anderson Torres, escolheu o delegado Paulo Maiurino para ocupar o cargo de diretor-geral da Polícia Federal, órgão de investigação subordinado à pasta. O anúncio foi feito no Twitter na terça-feira (6), horas depois da posse do próprio Torres.

Secretário de segurança do Supremo Tribunal Federal até setembro de 2020, Maiurino substituirá Rolando Alexandre de Souza. Torres teve aval do presidente Jair Bolsonaro para realizar a mudança. Segundo reportagem publicada pelo jornal Folha de S.Paulo, o novo chefe do órgão de investigação tem boa relação com a bancada da bala no Congresso, assim como o novo ministro da Justiça.

O comando da Polícia Federal é alvo de atritos políticos no governo Bolsonaro. Após ver o aliado Maurício Valeixo ser demitido da diretoria-geral em abril de 2020, Sergio Moro, então ministro da Justiça, deixou o governo acusando o presidente de tentar interferir políticamente no órgão a fim de proteger aliados, acusação que virou um inquérito criminal no Supremo. […]

FOTO: AGÊNCIA BRASIL

Comments:

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s