uol

Desejo e reparação: como acertar as contas com o passado?

Por Juliana Sayuri e Larissa Linder
De Toyohashi (Japão) e São Paulo
(Para TAB Uol – 3/11/2020)

Foram precisos poucos segundos para que a estátua do traficante de escravos Edward Colston em Bristol, no Reino Unido, fosse laçada por uma corda e derrubada de seu pedestal, em 9 de junho de 2020. “Bristol deveria se orgulhar. Foi a coisa certa a fazer”, declarou um superintendente da polícia da cidade britânica, que assistiu à ação que reuniu cerca de dez mil manifestantes.

Colston foi apenas um dos muitos que tombaram. Movimentos antirracistas tomaram as ruas pedindo justiça a George Floyd, o afro-americano que morreu asfixiado por um policial branco em Mineápolis (EUA), em 25 de maio de 2020. O Black Lives Matter, criado em 2013, voltou às ruas depois da morte de Floyd. Estátuas do navegador Cristóvão Colombo, o “descobridor das Américas”, foram desmanteladas de Baltimore a São Francisco, de Boston a Richmond. Em Baltimore, aliás, discute-se rebatizar o Dia de Cristóvão Colombo (12 de outubro) de “Dia dos Povos Indígenas“. Como um dominó, monumentos de colonizadores caíram em Londres, Paris, Bruxelas. […]

IMAGEM: PIXABAY

Comments:

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s