uol

Por que há um boom de testamentos de brasileiros radicados nos Estados Unidos

Por Juliana Sayuri
De Toyohashi (Japão)
(Para TAB Uol – 16/7/2020)

Foram as histórias norte-americanas que inspiraram a bióloga brasileira Maria Helena Carneiro, de 43 anos, há 20 radicada em Nova York, a passar seus últimos desejos para o papel. Assustada com a escalada de mortes por Covid-19 nos Estados Unidos em abril, ela decidiu deixar prontos seguro de vida e testamento de tutela.

“Não sou grupo de risco, mas teve muita gente infectada no Brooklyn e no Queens. Ouvimos historias horríveis de pessoas doentes. Fiquei com muito medo do futuro”, conta ela, que é casada e mãe de dois filhos, todos instalados no território norte-americano. No testamento, ela definiu que, se algo acontecer com o casal, os filhos pequenos deveriam ficar sob a guarda de sua irmã, que vive no Brasil. É compreensível: os dois “lares” de Maria Helena lideram o número de casos de Covid-19 – até quarta-feira (15), eram 3,5 milhões de infecções nos Estados Unidos e 1,9 milhão no Brasil. […]

IMAGEM: UNSPLASH

Comments:

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s