ilustríssima – folha

Palavras cruzadas

Por Juliana Sayuri
De Florianópolis
(Para Folha de S.Paulo -7/4/2019)

Resumo
Programas e aplicativos reescrevem textos com base em mudança de ordem das frases e em uma ‘caixa de sinônimos’ para artigos acadêmicos. Seu uso desperta discussões sobre originalidade, plágio e seus impactos na produção científica.

A economista russa Julia Baranova escrevia as primeiras linhas de um artigo inédito sobre internacionalização de startups para um periódico científico. Entre um parágrafo e outro, cogitou contratar uma editora para revisar sua redação em inglês —e apontar as diferenças linguísticas entre os padrões britânico e americano.

Graduada em economia internacional na Universidade Lobachevsky de Nijni Novgorod (Rússia) e radicada no Brasil desde 2005, Julia é adepta de ferramentas digitais para formatação de referências bibliográficas e transcrição de áudio. Curiosa, ela “googlou” ferramentas para redação de artigos acadêmicos.

No meio do caminho, encontrou informações sobre softwares detectores de plágio e, para sua surpresa, sites pensados na direção inversa: programas que propõem “reescrever” textos a partir de paráfrases, mudança de ordem das frases e substituição por sinônimos.

Em outras palavras, permite trocar “seis por meia dúzia” para repaginar textos que talvez não sejam de autoria do usuário. […]

Comments:

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s