nexo

Os problemas de negar, revisar e relativizar fatos históricos

Em entrevista ao ‘Nexo’, a pesquisadora Caroline Silveira Bauer critica discursos distorcidos de personalidades políticas sobre o passado: ‘é uma situação de violência simbólica que fomenta outras formas de violência’ 

Por Juliana Sayuri
De São Paulo
(Para Nexo – 6/4/2019)

O presidente Jair Bolsonaro visitou nesta terça-feira (2) o Memorial do Holocausto, em Israel. Questionado pela imprensa se concordava com as declarações do chanceler Ernesto Araújo de que “o nazismo era de esquerda”, disse que sim, “sem dúvida”.  

A afirmação vai contra o consenso acadêmico: não está ancorada em fatos, documentos e análises. Historiadores profissionais e estudiosos do nazismo são categóricos na conclusão de que o movimento liderado por Adolf Hitler (1889-1945), que chegou ao poder na Alemanha em 1933, era de ultradireita. Além de historiadores profissionais, Bolsonaro e Araújo também contrariam o governo alemão e o próprio memorial israelense. […]

418.jpg

FOTO: WIKIMEDIA COMMONS

Comments:

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s