nexo

Quem foi condenado e quem foi absolvido no caso Amarildo

Em segunda instância, Justiça absolve 4 dos 12 policiais militares condenados pela tortura e morte do ajudante de pedreiro que desapareceu em julho de 2013

Por Juliana Sayuri
De São Paulo
(Para Nexo – 18/3/2019)

Em 13 de março de 2019, a 8ª Câmara Criminal da Justiça do Rio de Janeiro absolveu e concedeu liberdade a 4 dos 12 policiais militares que tinham sido condenados em primeira instância pela tortura, morte e ocultação de cadáver do ajudante de pedreiro Amarildo de Souza, na base da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) da Rocinha, zona sul da capital fluminense, em 2013.

Foram absolvidos os soldados Jairo da Conceição Ribas e Fábio Brasil da Rocha (antes condenados a 10 anos e 4 meses de prisão) e as policiais Rachel de Souza Peixoto e Thaís Rodrigues Gusmão (antes condenadas a 9 anos e 4 meses). A decisão é de segunda instância. […]

399

FOTO: AGÊNCIA BRASIL

Comments:

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s