aliás – estado

Da Era Chávez


Por Juliana Sayuri
De São Paulo

(Para O Estado de S. Paulo – 14/10/2012)

Páreo duro, apostas altas e adversários fortes marcaram as eleições presidenciais na Venezuela, no domingo passado, mas el comandante voltou para mostrar quem dá as cartas: no poder desde 1999, Hugo Chávez derrotou Henrique Capriles, conquistou o quarto mandato e fincou a bandeira bolivariana no Palácio de Miraflores até 2019. Não foi um jogo de cartas marcadas, mas o presidente gozou de certa vantagem na rodada inteira. “O terreno venezuelano se move como um campo de futebol, inclinando-se para cá e para lá a favor do presidente, que tem 22 jogadores e o árbitro ao seu lado”, analisa o sociólogo venezuelano Leonardo Vivas, de 64 anos, coordenador do Latin American Initiative do Carr Center for Human Rights da Universidade Harvard.

Radicado em Boston, Vivas estudou em Caracas, Sussex e Paris, lecionou política latino-americana na UMass-Lowell, na Universidade Tufts e em Harvard. “A era Chávez é marcada por pontos positivos e negativos. Na minha conta, o placar dá 7 a 3. Uns 7 pontos desfavoráveis e 3 favoráveis. Há saldos positivos, sobretudo no desenvolvimento das misiones, mas a altos custos, como as questões da liberdade de imprensa e dos direitos humanos”, pondera o autor de The Battle of Ideas in the Chávez Revolution (2010) e Chávez, la Última Revolución del Siglo (2000), entre outros. A seguir, a entrevista concedida ao Aliás. […]

Comments:

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s